PT pode apoiar Crivella no Rio, se PMDB de Paes retirar apoio a Dilma

Durante o feriado, um dos articuladores políticos de Dilma ligou para Picciani e avisou: se o PMDB do Rio decidir mesmo sair do governo Dilma, o PT fará o mesmo na capital fluminense. O PT romperia a aliança com Eduardo Paes. E poderia fazer um movimento inusitado: apoiar Marcelo Crivella para a prefeitura, e de quebra receberia os votos do PRB para barrar o impeachment.

por Rodrigo Vianna

A velha imprensa, que apoiou o golpe de 64 e quer derrubar Dilma, está empenhada numa dupla tarefa nos últimos dias: criar um clima de “inevitabilidade” do impeachment (ou “estouro da boiada” na base aliada); negar que o impeachment (na forma em que está sendo feito) é um golpe.

O segundo ponto mostra que a Globo e seus parceiros de segunda linha estão incomodados com a pecha que lhes é atribuída: são, sim, parceiros numa tentativa de golpe. Mas não é isso que

Continue lendo no Escrevinhador.