Globo e tucanos tentam criar um clima de “já era” para envolver o país; mas impeachment poder ser barrado com Lula e povo na rua

por Rodrigo Vianna

 

A tentativa da máquina midiática a serviço do impeachment é criar um clima de “inevitabilidade”.

Cerca de 30% do país está disposto a fazer qualquer coisa para tirar Dilma do cargo e prender Lula. É a turma do ódio! Há mais 10% ou 20% disposto a ir até o fim para defender Dilma e Lula.

Mas há uma imensa maioria de brasileiros (metade do país, talvez) que assiste a essa guerra , manifestando já algum cansaço. Já ouvi de muita gente que não é “coxinha” nem raivosa: “ah, acho que agora é melhor esse governo sair”; ou “o Lula tá sendo perseguido, ok; mas acho que agora pegaram o Lula, não vai ter jeito”.

Essa narrativa tem crescido rapidamente. É resultado da ampla campanha midiática – a mais dura desde que Vargas foi levado ao suicídio em 1954. E é contra essa narrativa que se movem as

Continue lendo no Escrevinhador.